top of page

Beef Wellington - Uma receita clássica da gastronomia inglesa


Beef Wellington

No mundo da gastronomia, existem pratos que se destacam pela sua sofisticação e sabor irresistível. Um desses pratos é o famoso Beef Wellington, uma receita clássica da culinária inglesa que conquistou paladares ao redor do mundo. Hoje, vamos explorar os segredos por trás dessa iguaria e como reproduzi-la em sua própria cozinha.

O Beef Wellington ganhou popularidade graças ao renomado chef Gordon Ramsay, conhecido por suas habilidades culinárias e por ser um dos jurados do famoso programa de televisão "MasterChef" nos Estados Unidos. Embora a criação do prato não seja atribuída diretamente a ele, foi Ramsay quem difundiu a receita e a popularizou com maestria.

A origem do Beef Wellington remonta à Inglaterra, onde se acredita que tenha surgido. Neste clássico dos anos 1960, uma peça do nobre filé mignon é coberta com creme de cogumelos e embrulhada em camadas de presunto cru e massa folhada amanteigada antes de ser assada. Por fora, a massa tem de ficar crocante e dourada, sem sinais do suco da carne, a qual, por sua vez deve estar suculenta e mal passada. E é difícil equalizar todos esses pontos: você tem de cozinhar duas coisas ao mesmo tempo, o bife e a massa, os dois à perfeição – não é tarefa fácil, mas, sim, dá para ser feita.


O sucesso de um bife wellington perfeito está na atenção aos detalhes. Mais exatamente, no equilíbrio dos parâmetros de uma equação que envolve temperatura (dos elementos e do forno) e paciência (os tempos de cada etapa devem ser cumpridos à risca). Basta seguir rigorosamente as regras a seguir. Ou seja, é possível. E garantimos: vale a pena dominar a arte do wellington. Afinal, a receita é digna de uma noite de rei, ou melhor, de duque.

O bife wellington homenageia o comandante britânico que, apoiado pelo general prussiano Gebhard von Blücher, derrotou Napoleão Bonaparte na Batalha de Waterloo, em 1815.

Chamava-se Arthur Wellesley (1769-1852), nasceu na Irlanda e morreu na Inglaterra, aclamado como herói e soberbamente recompensado. Recebeu o título de primeiro duque de Wellington – daí o nome do prato –, graças às vitórias contra as tropas napoleônicas. Pela extraordinária força física e inflexível vontade, ainda ficou conhecido como o Duque de Ferro.


Agora, vamos conhecer os ingredientes necessários e o modo de preparo para reproduzir essa delícia em sua própria cozinha.


INGREDIENTES:

  • Filé Mignon - miolo da peça aproximadamente 900g

  • Mostarda francesa - uma colher de sopa (40g)

  • Cogumelo Portobello - 700g

  • Alho - 1 dente

  • Tomilho - 3 raminhos

  • Presunto cru - 100g

  • Pimenta do Reino - à gosto

  • Massa Folhada - 300 g

  • Gema de ovo para pincelar - 1 unidade

Modo de Preparo:

  1. Comece escolhendo uma peça de filé-mignon de alta qualidade, tempere o filé com sal e pimenta-do-reino.

  2. Em uma frigideira bem quente, sele a carne (em temperatura ambiente) para criar uma crosta dourada e suculenta. Certifique-se de selar todos os lados do filé-mignon. Transfira a carne para um prato e pincele imediatamente a mostarda por todos os lados. Reserve.

  3. Prepare a duxelle de cogumelos. Utilize cogumelos Portobello picados, alho, sal e pimenta-do-reino. Refogue a mistura em fogo baixo até que todo o líquido dos cogumelos tenha evaporado, acrescente o tomilho resultando em um recheio saboroso e aromático. Deixe esfriar completamente.

  4. Abra um papel-filme um pouco maior que o tamanho da carne, deixando sobrar nas laterais. Disponha sobre o filme as fatias de presunto cru lado a lado em duas fileiras, sobrepondo as fatias, deixando sobrar um pouco nas laterais e no comprimento (em relação ao tamanho da carne).

  5. Com uma espátula, ou as mãos, passe a pasta de cogumelos delicadamente sobre todo o presunto, de maneira uniforme.

  6. Posicione a carne resfriada no centro e delicadamente enrole, com ajuda do papel-filme, até formar um pacote. Aperte ligeiramente ao enrolar para a carne firmar com o recheio. Nesta hora, você definirá o formato da carne. Pressione bem o rolo com ajuda da lateral do papel-filme. Deixe descansar na geladeira por, no mínimo, 40 minutos. Pode ficar até o dia seguinte.

  7. Abra a massa folhada com ajuda de um rolo sobre um papel-filme. A massa deve ficar aproximadamente com meio centímetro de espessura. Ajuste o tamanho da massa em relação ao tamanho da carne, deixando sobrar um pouco nas laterais. Corte as pontas.

  8. Retire com cuidado a carne do filme plástico, posicione na parte de baixo da massa, deixando alguns centímetros de sobra.

  9. Pincele as laterais da massa em volta da carne com a gema batida.

  10. Com ajuda do papel-filme, enrole a carne na massa (fazendo um pacote), pressionando levemente para dentro, para a carne ficar firme na massa. Corte os excessos de massa (tente não sobrepor muita massa, para um acabamento mais delicado). Com os dedos, feche as laterais da massa. Leve à geladeira por, no mínimo, 1 hora.

  11. Preaqueça o forno a 200°C.

  12. Coloque o rolinho em uma assadeira untada com azeite, com a emenda virada para baixo. Pincele com a gema batida e, se quiser, faça desenhos na massa com a parte de trás de uma faca, polvilhe flocos de flor de sal e folhinhas de tomilho.

  13. Leve para assar por aproximadamente 30 minutos, até a massa dourar.

  14. Retire a assadeira do forno, espere cerca de 10 minutos. Em seguida, corte com delicadeza fatias de 1,5 cm e sirva.

Beef Wellington



O Beef Wellington continua encantando os paladares mais exigentes ao redor do mundo. Sua combinação de ingredientes e a apresentação elegante o tornam uma opção perfeita para ocasiões especiais ou para aqueles que desejam se aventurar na culinária gourmet.
Seja você um chef profissional ou um amador entusiasta, o desafio de reproduzir o Beef Wellington pode ser uma jornada culinária repleta de sabor e prazer. Então, por que não se aventurar na cozinha e dar vida a esse clássico da gastronomia inglesa? O resultado certamente será uma obra-prima que irá encantar os paladares mais exigentes.
0 visualização0 comentário
bottom of page